fbpx

Vale a pena viajar com Worldpackers ou Workaway?

Worldpackers e Workaway são plataformas que, por um pequeno valor, te colocam em contato com hostels, fazendas etc para que você possa ir a uma determinada cidade, tanto no Brasil quanto no exterior, e se hospedar lá de graça em troca de algumas horas de trabalho.

Geralmente isso acontece em hostels. O que eu mais vejo são ofertas para trabalhar 4 horas diárias, cinco vezes por semana, nos mais diferentes locais do mundo em troca de hospedagem e uma refeição.

Acho que este é o modelo mais comum. Quase sempre a acomodação é em um quarto compartilhado e oferecem café da manhã.

Há opções mais generosas – e outras piores -, mas a média é essa aí citada.

As plataformas são seguras, etc. Há milhares de posts aí pela internet se você tem interesse saber mais como funciona e quiser experimentar e ir viajar para algum lugar do mundo durante, em média, 4 semanas e trabalhar em troca de hospedagem com Worldpackers.

O que eu quero falar aqui é outro tópico.


Afinal, vale a pena usar Worldpackers ou Workaway?

Como tudo nessa vida, depende muito. E depende em diferentes fatores, para diferentes tipos de pessoa. Eu vou falar aqui o que eu acho, e porque eu até hoje nunca usei esses serviços

Momento da vida

Trabalhar com Worldpackers é uma oportunidade incrível para treinar inglês (ou espanhol, dependendo do local que você quer ir). Quase sempre você trabalha em hostels, então terá muito contato com uma galera de diversos locais do mundo.

Você vai conhecer muitas histórias, muita coisa legal. Então se você quer aprender um pouco de inglês, se expor a novas culturas e gastar pouco, este é um ponto a favor.

Eu já vivi experiências assim, como quando viajei dois meses sozinho pelo Brasil ou quando fiz trabalho voluntário no Egito, mas eu estava imerso na cultura por outras formas que pra mim fazem mais sentido.

Situação financeira

Se você quer ir para um local que custa bem caro tipo, sei lá, Londres, pode ser excelente. Por mais que você tenha que trabalhar cerca de 4 horas diárias, ainda vai sobrar muito tempo livre para curtir a cidade.

Em locais assim, a hospedagem representa altos custos, junto da alimentação. E geralmente você terá acesso a uma cozinha para preparar sua comida. Isso pode ser excelente também.

Mas este também foi um motivo que me fez não usar este tipo de ferramenta ainda. Como eu trabalho pela internet – e tenho várias fontes de renda online – é vantajoso eu trabalhar essas 4 horas por dia no meu negócio do que trocar este tempo pelo valor da hospedagem.

Experienciar novas coisas

Isso aqui está muito conectado ao que eu já falei ali no primeiro tópico. Mas este ponto aqui é realmente importante.

Uma experiência dessas te ajuda a sair da zona de conforto, treinar um idioma, interagir com pessoas, resolver problemas e saber se virar.

Mesmo que você tenha um trabalho legal, que pague mais do que o valor da hospedagem, pode ser legal sim!

Afinal, você vai estar em uma imersão totalmente diferente, fazendo coisas que nunca fez e em um país que provavelmente nunca esteve.

Eu ainda tenho vontade de fazer alguma experiência com Workaway, ir para alguma fazenda, alguma coisa diferente que eu ainda não conheça. Entender como são os processos de uma hospedagem, conhecer mais sobre um diferente tipo de negócio etc.

Na verdade, eu não ir por ter um trabalho rentável é uma verdade, mas é também uma desculpa que me impede de experimentar isso.


O que mais você levaria em consideração na hora de decidir ir ou não?

Claro, aqui estou pensando só até o ponto de ir ou não ir, eis a questão, não entrei em detalhes sobre como escolher um local bem avaliado e que vá proporcionar uma experiência legal para você.

Boa sorte!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima